Onde poupar e onde não poupar no seu casamento…

541186_476595889040116_1461332142_n

E Maio é o mês das noivas! Como não somos sexistas, para nós é também o mês dos noivos!

Assim sendo, não podemos deixar de dedicar este post aos nossos noivos!

Na nossa vida profissional, e também pessoal (sim, os fotógrafos também têm família e amigos e estes também casam, e aí lá vamos nós como convidados!) deparamo-nos com a difícil tarefa que é, para a maior parte das pessoas, organizar um casamento…

Para além de todas as burocracias legais, quanto a nós esta é a parte mais fácil, existe um “mundo” de coisas novas e que são imprescindíveis para que o casamento seja o dia de sonho tão desejado e idealizado! E aí começa, vestido, fato, ou será melhor fraque?, sapatos, altos ou baixos?, igreja, na terra da noiva ou do noivo?, recepção, maquilhagem, cabeleireiro, alianças, flores, comida, bebida, meninos das alianças, ou será melhor damas de honor?, de que lado entra a noiva na igreja? e o noivo? Onde ficam os convidados da noiva? e os do noivo?, fotógrafo, convites, marcadores de mesa, missal… E por aí fora… Para quem quer, nada como contratar um wedding planner, e não terá muito com que se preocupar.

Para quem faz questão de organizar tudo, há uma série de pontos que deverá ter em conta. Poderá começar por pesquisar na internet, ler bastante, e também seguir alguns sites especializados em Organização de Casamentos, nomeadamente a Zankyou.

Nós, na AhHA!Photos, não somos especialistas em Organização de Eventos, mas sabemos, pela experiência que temos, que há questões incontornáveis e que deve ter em conta.

Em primeiro lugar, pensar na data do casamento com alguma antecedência, recomendamos um ano caso opte por casar nos meses de Primavera e Verão, caso contrário poderá ter alguma dificuldade em reservar os locais que quer e os profissionais que gosta.

Ter em conta o orçamento que pode despender. A partir daqui pensar no que é importante para si e distribuir o orçamento pelos diversos serviços que pretende contratar. Muitas vezes os noivos gastam a maior parte do orçamento no catering, sabemos que pode ser o item mais dispendioso, mas este poderá ser um dos pontos onde pode poupar mais. Nunca se esqueça que o dia é seu, que os convidados são muito importantes mas o dia é seu e para si, e neste dia os noivos não vão comer praticamente nada! Pode optar por um serviço volante, por exemplo, por um menú mais leve, com menos quantidade.

O vestido é também um dos itens que mais pesa no orçamento, aqui também poderá poupar. Há, hoje em dia, uma enorme oferta de lojas, ateliers e costureiras onde pode comprar o seu vestido. Compare preços e verá que nem sempre o mais caro é o mais bonito ou o que lhe fica melhor.

Nos brindes para os convidados, mais uma vez o dia é seu! Basta um sorriso, um obrigado por terem vindo! Os brindes não servem de nada para os convidados, acabarão, na melhor das hipóteses, no fundo de uma gaveta.

Nas flores são também gastos muitos euros, as flores da igreja acabarão no lixo no final da cerimónia, as da recepção poderão ser substituídas por velas, por exemplo, ou outra decoração bonita. Se faz mesmo muita questão de ter flores na Igreja, pondere falar com os outros noivos que vão casar no mesmo dia e dividam o valor das flores por todos, acaba por contribuir para que não haja desperdício e todos poupam. Com isto pode investir apenas nas flores para o bouquet. Escolha uma boa florista, alguém cujo gosto e portfólio vá de encontro ao que quer. Alguém que tenha a noção de que um bouquet deve ser feito tendo em conta o seu vestido, a sua altura e estatura.

402717_476595865706785_798094029_n

Onde não deve poupar, onde deve mesmo investir a maior fatia do “bolo”:

1. Cabeleireira e maquilhadora. É o seu dia e tem de estar deslumbrante! Esqueça a amiga que tem jeito para pentear e a prima que fez um curso de auto-maquilhagem! Neste dia confie apenas em profissionais. E profissionais bons! Não se limite à cabeleireira da esquina que até faz um “brushing” jeitoso à hora do almoço, não! Neste dia a cabeleireira/o tem de ser um profissional de excelência! O seu penteado tem de estar impecável até ao final da festa, pois até lá estará a ser fotografada e não quer parecer que acabou de fazer uma viagem de mota sem capacete… O mesmo para a maquilhagem! Não há nada pior nas fotografias do que ter uma maquilhagem pouco apropriada, e só uma boa maquilhadora (ou maquilhador) o fará de forma irrepreensível. De nada lhe serve ter um vestido espectacular e um cabelo desgrenhado e uma maquilhagem acabada de sair de uma peça de teatro… cómico!

2. Fotógrafo e/ou Videógrafo. E não, não são a mesma coisa! Um fotógrafo é um fotógrafo e um videógrafo é um videógrafo. Em tempos confundia-se as duas profissões. Em tempos estas duas profissões não eram bem uma profissão, mas sim uma arte passada de uns para os outros ou aperfeiçoada por alguns curiosos da imagem. Hoje em dia estas duas profissões são completamente distintas, e porquê? Porque temos dois profissionais que estudaram, que tiraram cursos para tal, que se dedicam, que investem em material. Fotografar não é o mesmo que fazer um vídeo. O olhar é diferente, as técnicas são diferentes.

Pode parecer, neste ponto, que estamos a “puxar a brasa à nossa sardinha”, que se este post fosse escrito por uma florista ela não estaria nada de acordo com o poupar nas flores, mas que optaria por poupar nas fotografias. Ela terá as suas razões, que nós não discutimos. Perguntamos-lhe apenas, sim, a si que é noiva ou noivo, e pedimos-lhe uma resposta honesta: Qual é a única coisa que fica, para sempre, do dia do seu casamento? Serão as flores? A comida? O vestido? (este fica, mas voltará a usá-lo?) Os brindes? A bebida?… Ou serão as fotografias e o vídeo?

Não deixe esta tarefa em mãos alheias. Não peça aos convidados para substituírem os fotógrafos. Mesmo que um convidado até seja fotógrafo, ele é convidado e não estará lá a trabalhar. Nós nunca, mas nunca aceitamos fotografar eventos de pessoas amigas! Nem levamos as máquinas connosco! Nem tampouco fotografamos com o telemóvel! Se estamos como convidados é assim que estaremos! Se aceitássemos não estaríamos a ser honestos connosco e com os nossos amigos. É impossível estarmos a trabalhar concentrados, sem perder pitada no meio dos amigos!… Nós, quando estamos a trabalhar praticamente nem comemos, estamos em pé cerca de 15 horas, um vai à casa de banho enquanto o outro continua a trabalhar… Se estivermos no meio dos amigos, vamos estar entretidos na conversa, a beber um copo a comer qualquer coisa…

E tal como no ponto anterior, contrate bons fotógrafos. Não vá pelo mais barato. Vá por aquele por quem sente empatia, nunca contrate sem antes ter uma reunião presencial, por aquele cujo trabalho vos encantou, aquele que quer ter a retratar todo o seu dia.

3. Na lua de mel! Vá descansar que bem merece! Aproveite os primeiros dias de casamento, namore, divirta-se, descanse! Pode optar por pôr a lua de mel numa lista de casamento, mas vá de lua de mel e vá para o sítio que sempre sonhou!

Esperamos ter ajudado, pelo menos um pouco, já que, reiteramos, não somos peritos em organização de eventos!

M&N_0573

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s